Portfolio

Identidade Visual EREA Salvador 2017

Encontro Regional de Estudantes de Arquitetura e Urbanismo - EREA Salvador 2017. 2016-2017.

Com o tema “Qual a Cor Dessa Cidade?”, o IX Encontro Regional de Estudantes de Arquitetura e Urbanismo - Nordeste aconteceu em Salvador/BA, onde fui Diretor Geral e de Comunicação, desenvolvendo a base da identidade e diversos produtos do evento.

O tema tinha como mote explorar as diversas “cores” que existem na cidade, em especial em Salvador, evidenciar toda as diferentes dimensões que coexistem nesse cenário. Vale comentar que o tema liga-se diretamente ao 36º ENEA Salvador 2012, que tinha como tema “Da primeira a multiplicidade”.

A graça com o tema parafraseando a música “Canto da Cidade”, interpretada por Daniela Mercury, faz parte da proposta de tentar criar um loci lúdico para o evento e uma ligação dos participantes com o mesmo. A música, que é bastante conhecida no país, traz o ideal do tema de uma maneira despojada, permitindo acessar mais fácil os participantes e facilitando a introdução dos subtemas, que foram As minorias e a complexidade urbana; Ensino, Estágio & Trabalho; Patrimônio e Sustentabilidade; e Reforma Urbana.

A principal diretriz do visual e da comunicação é que fosse o mais simples e transparente possível. A partir disso foram escolhidas cores base e gradientes com as mesmas. A logo tem como principal característica o uso das cores base do projeto e por ser uma representação lúdica das famosas Fitas de Senhor do Bomfim. Apesar da variedade tipográfica, ela segue uma linguagem simples, que pode ser aplicada em diversas possibilidades e tamanhos.

Foram enviadas cartas para todas as instituições e instâncias profissionais da área no estado da Bahia e cada diretoria tinha uma assinatura e cor específica para facilitar a organização dos documentos, principalmente. As listas de inscrição de Atividades e de materiais de Comunicação, por exemplo, tinham suas folhas na cor da diretoria para evitar que se perdessem fácil junto de outros documentos.

Os cartazes foram uma das peças mais difíceis, tanto que foram produzidos 12 modelos, que foi levado para escolha pública e selecionado o oficial. Os demais também foram disponibilizados posteriormente.

O kit de participante foi uma bolsa em tecido cru, o caderno de participante e folders e materiais institucionais. Utilizamos as fitas com letras de músicas baianas escritas, e a estampa foi executada nas cores verde, vermelho e azul.

O evento possuía sua moeda própria, o TCHAN. Foram produzidas nos valores R$0,50 R$1,00 R$2,50 e R$5,00. A ficha de R$0,50 foi uma colaboração de Lucas Gabriel Della Preve.

Também foram criadas playlists no Spotify com músicas baianas, foram cinco ao todo. A Playlist #365Axés pode ser acessada através deste link.

Além das peças há o site, que pode ser acessado em aqui, que também fez parte da produção. Com exceção dos textos temáticos, que foram escritos em conjunto pela Comissão Organizadora.

--

Agradeço à Lucas Gabriel, Louise Pimenta, Thiago Viola, Matheus Marsaro, Igor de Almeida, Danilo Santana, Barbara Tavares, Leticia Guerra, Luana Nascimento, Agharad Setubal, Olga Francino, Karoline Veneno e Hugo Leonardo por formarem a melhor Comunica.